Você sabe. Acho que
sempre soube. Eu tinha
medo de gostar de
alguém, de me envolver,
de me mostrar sem
disfarces. Amar dá um
medo danado. De
perder a liberdade, a
identidade, de se
machucar, de não saber
mais voltar.
Clarissa Corrêa.    (via romantizado)